Destaques

Alunos do 6º ano aprendem a usar objetos para produzir uma partitura não convencional

  • 05/05/2017

Imagine representar uma peça musical usando objetos variados para fazer uma partitura não convencional? As turmas do 6º ano do Ensino Fundamental II do Colégio Vértice provaram que é possível transpor a música para outra linguagem.

Como parte do projeto “Novos Olhares – Reinventando a Arte”, que engloba as disciplinas de Artes e Música, os alunos estão conhecendo, analisando e representando algumas peças da suíte orquestral “Carnaval dos animais”, de Camille Saint Saens, de um jeito bem diferente. Na peça “Cuco no meio do bosque”, todo o conjunto de sinais gráficos foi feito com o uso de elementos como copos, colheres, cordas e tampinhas, entre outros materiais.

A professora de Música do Colégio Vértice, Lilian Abreu Sodré, explica que a partitura não convencional ou Musicograma é um recurso que vem ganhando espaço nas pedagogias musicais atuais.

O trabalho final dos alunos será apresentado no segundo semestre.