Eventos

Jogo de enigmas e desafios do Colégio Vértice prepara os alunos para resolverem problemas sob a pressão do tempo

  • 26/07/2017

Dividido em duas etapas, o Webquest exige raciocínio rápido,
trabalho em equipe e conhecimento multidisciplinar. 
Nesta edição da competição, os 100 anos da Revolução Russa
foram o tema central das perguntas

Com perguntas no formato de desafios e enigmas, o Webquest do Colégio Vértice vem conquistando os alunos massivamente a cada ano. Além de testar o conhecimento dos participantes, o jogo – com sistema e questões desenvolvidas pelos próprios professores do Colégio -, promove o trabalho em equipe e ajuda a desenvolver a capacidade de lidar com a pressão do tempo e de pensar em diferentes caminhos de resolução de problemas.

Nesta edição, mais de 120 alunos, dos 1º e 2º anos do Ensino Médio, competiram, divididos em equipes de até seis componentes. E pela primeira vez tivemos a participação de outra escola. O Colégio Palmares entrou com 3 times.

Assim como nas edições anteriores, a escolha do tema central para os desafios do Webquest foi feita de acordo com algum acontecimento de grande importância neste ano, e os professores elegeram os “100 anos da Revolução Russa”.

Mas engana-se quem imagina que as perguntas ficaram restritas à disciplina de História. Em um mesmo enigma, os alunos tinham que trabalhar conceitos de Física, Química, Matemática, Biologia, Português, Geografia, entre outras matérias.

Separadas por salas, as equipes correram contra o tempo para desvendar os mistérios propostos nas dez questões, além do desafio final. O clima de tensão só era quebrado quando um dos times vibrava ao acertar e avançar para a próxima pergunta.

Como as questões são interdisciplinares e têm um alto grau de dificuldade, os alunos podem usar recursos de pesquisa, como internet, livros, entre outros. Desta forma, os times que conseguiram se organizar, dividir tarefas e souberam lidar com a pressão, acabaram pontuando mais e ficando com os primeiros lugares.

Na fase classificatória e na etapa final, os professores dos dois colégios acompanharam cada acerto e erro em tempo real, por meio de um sistema que computa a jogada de cada equipe, o que deixou a disputa ainda mais emocionante.

Mais do que trabalhar o conteúdo, acreditamos que este tipo de proposta auxilia, de forma dinâmica e criativa, no desenvolvimento de habilidades que são fundamentais em diversos aspectos e etapas da vida, como a autonomia, a resiliência e o senso de coletividade.

Parabéns aos alunos do Palmares e do Vértice que encararam o desafio!